A importância das normas da NFPA

Google Play

Apple Store

 

Perspectiva Regional

A importância das normas da NFPA

Por Antonio Macías

Não existe um país desenvolvido sem um bom número de normas, códigos e regulamentos que buscam garantir, por parte do estado, sua obrigação primeira: “A segurança dos cidadãos”.

 

por Antonio Macías

010

As normas levam ao desenvolvimento da economia, ao criar posições de trabalho de alta qualidade com bons salários, além de bons e estáveis benefícios. Isto faz com que as pessoas estudem e se preparem para ter acesso a estes empregos.

Desenvolve-se, assim, uma nova indústria de produtos e serviços direcionados ao cumprimento destas regulamentações que melhoram a qualidade de vida das pessoas. Além disso, se fomenta a cultura do cumprimento das regras (leis, regulamentos, códigos, etc.) que tanta falta faz nos nossos países.

A NFPA é uma organização de desenvolvimento de códigos e normas que oferecem padrões de segurança contra incêndios. Uma "norma" inclui uma ampla variedade de trabalho técnico que prescreve regras, diretrizes, melhores práticas, especificações, métodos de testes, procedimentos de projeto ou instalação e similares. O tamanho, alcance e conteúdo das normas variam bastante, desde o modelo de construção, sistemas elétricos ou especificações do produto. Estas são "normas de consenso voluntárias" criadas através de procedimentos aprovados para a tomada de decisões por acordo, abertura e equilíbrio de interesses representados.

Para a criação de uma norma de qualidade, se exige pessoal administrativo e técnico especializado, pesquisa e informações, produção e publicação, assim como reuniões dos comitês que realizam a elaboração e todo este esforço que se faz para manter a segurança das vidas e a proteção dos bens. Os governos locais, estatais e nacionais têm a opção de adotar ou usar como referência esta ampla gama de normas da NFPA, que foram desenvolvidas por uma grande variedade de colaboradores e são utilizadas como suas normas ou complemento delas durante mais de um século, em áreas que afetam a saúde e a segurança pública, o que justifica por que os governos recorrem à NFPA.

As normas da NFPA se baseiam em consensos e são aceitas pelo usuário. A NFPA produz centenas de normas técnicas, industriais e científicas ao público a cada ano, apoiando a padronização do mercado e a inovação empresarial, promovendo a saúde, a segurança e o meio ambiente e economizando tempo e dinheiro de governos e particulares em todos os níveis. O enfoque baseado em consenso garante que todos os interessados, incluindo (dependendo do tema) usuários, fabricantes, seguradores, consumidores, agências reguladoras governamentais, executores, especialistas independentes e acadêmicos possam participar e que nenhum interesse especial possa predominar.

Flexibilidade. A NFPA trabalha para garantir que a "incorporação por referência" da norma ofereça ao público e aos governos com o acesso necessário para proteger a segurança pública, a vida, a propriedade e os mercados de uma maneira aberta e transparente.

Adaptação. A ANSI obriga que os organismos normativos que atualizem e revisem as normas regularmente para alcançar as mudanças tecnológicas e os avanços em segurança.

Apoio à economia. A NFPA coordena a experiência em diversos aspectos e recursos técnicos disponíveis fora do governo e as empresas a fim de desenvolver normas de segurança que estão disponíveis para o uso dos governos praticamente sem custos ao contribuinte.

Autossustentável e independente. As associações independentes como a NFPA têm direitos autorais sobre seus códigos e normas, e financiam suas atividades de desenvolvimento das normas com os ingressos gerados pela publicação e venda das normas, capacitação, anuidades dos sócios e outras ferramentas. Isto permite que as associações se mantenham independentes e livres de influências de qualquer indústria ou grupo.

É assim que a importância de uma organização de normalização é um ativo no desenvolvimento de um país que assume seu valor ao fazer obrigatório o cumprimento das normas na nossa América Latina e que a NFPA está comprometida com a segurança e o desenvolvimento dos países.

Share

nós

Quem nós Somos

A National Fire Protection Association (NFPA) é a fonte dos códigos e normas que regem a indústria de proteção contra incêndios e segurança da vida.

Atualizamos nossa política de privacidade, que inclui como são recolhidos, tratados e usados os seus dados pessoais. Ao usar este site, você aceita esta política e o uso de cookies