O abastecimento de água satisfaz a demanda do sistema de sprinklers?

Google Play

Apple Store

 

Artigo selecionado

O abastecimento de água satisfaz a demanda do sistema de sprinklers?

Por Matt Klaus

DoesWaterSupplyMeetDemandofSprinkler

Por Matt Klaus

A maior parte do tempo e dos esforços aplicados aos projetos de sistemas de sprinklers é dedicada a localizar os sprinklers e a planejar o layout das tubulações. Mas um aspecto crítico do projeto do sistema que usualmente não recebe tanta atenção é o abastecimento de água. A efetividade dum sistema de sprinklers (e de todos os sistemas de supressão a base de água) depende da existência dum abastecimento de água confiável e bem dimensionado.

A NFPA 13, Instalação de Sistemas de Sprinklers, não determina o tipo de abastecimento de água de que o sistema precisa, apenas requer a existência dum sistema de abastecimento de água confiável capaz de prover o fluxo e a pressão mínimos requeridos. O tipo de abastecimento de água selecionado é deixado à discrição da equipe de projeto. Essa escolha muitas vezes é guiada pela disponibilidade e capacidade da água fornecida pela concessionária local de abastecimento de água. Se o sistema de abastecimento de água disponível for capaz de satisfazer a demanda do sistema, essa será normalmente a abordagem da equipe de projeto.

Determinar se o abastecimento de água é capaz de satisfazer a demanda do sistema requer um teste de vazão dos hidrantes para determinar a capacidade do sistema ou uma análise do modelo hidráulico do sistema (quando disponível) para verificar o caudal e a pressão disponíveis. A NFPA 291, Recommended Practice For Fire Flow Testing and Marking of Hydrants, fornece uma metodologia para realizar um teste de vazão de hidrantes e ilustra como os dados obtidos deveriam ser interpretados. 

Em alguns casos o teste de vazão de hidrantes pode mostrar que o abastecimento de água não atende a demanda de fluxo e/ou pressão do sistema. Nesses casos, ou em áreas onde a conexão ao sistema de abastecimento de água não é uma opção, uma bomba de água ou um sistema de bomba e reservatório pode ser necessário. Isso requer que o projetista procure fora da NFPA 13 consultando a NFPA 20, Instalação de Bombas Fixas para Proteção Contra Incêndio e a NFPA 22, Reservatórios de Água para Proteção Privada contra Incêndios, para orientações de projeto adicionais sobre os componentes requeridos para o sistema e seu dimensionamento.

O cenário mais problemático é aquele onde o teste de vazão de hidrantes indica que o abastecimento de água pode satisfazer a demanda do sistema, embora por pouco. A NFPA 13 não cita um fator de segurança específico no momento de considerar o abastecimento de água, mas nesses casos é preciso aplicar um critério judicioso de engenharia. O projetista deveria levar em conta vários fatores quando analisa os dados do teste de vazão de hidrantes e pode decidir fazer ajustes com base nesses fatores, incluindo o momento do dia e a estação onde o teste foi realizado; o uso típico do abastecimento de água; o estágio do sistema de abastecimento de água, considerando um potencial de crescimento significativo da comunidade ou pelo contrário constatando que quase todo o desenvolvimento já aconteceu e finalmente as modificações previstas para as instalações. Se não forem feitos os ajustes adequados ou se não for incluído um fator de segurança adequado, o abastecimento de água poderá ser insuficiente para alimentar o sistema de sprinklers.

E importante lembrar que a NFPA 25, Inspeção, Testes e Manutenção de Sistemas de Proteção Contra Incêndio a Base de Água, considera deficiente um sistema que não tenha um abastecimento de água adequado. Isso pode ter como conseqüência que sejam requeridas vigílias de incêndio até que a demanda do sistema possa ser satisfeita ou, em algumas circunstâncias, uma ordem de fechar temporariamente as instalações. Embora esses cenários representem exemplos extremos daquilo que pode acontecer, eles ocorrem usualmente quando o sistema foi projetado sem considerar o futuro desenvolvimento ou sem aplicar um fator de segurança no projeto. Quando surge esse tipo de problema, o proprietário das instalações é responsável pela retificação do abastecimento de água deficiente. Por isso, é essencial que ele tenha uma compreensão clara não só dos requisitos que satisfazem a demanda mínima, como também duma avaliação de longo prazo do abastecimento de água.

Para mais informação sobre ajustes do abastecimento de água, visite nfpa.org/WaterFlowData

Share

nós

Quem nós Somos

A National Fire Protection Association (NFPA) é a fonte dos códigos e normas que regem a indústria de proteção contra incêndios e segurança da vida.

Atualizamos nossa política de privacidade, que inclui como são recolhidos, tratados e usados os seus dados pessoais. Ao usar este site, você aceita esta política e o uso de cookies