Protegendo os Inspetores

Google Play

Apple Store

 

Artigo selecionado

Protegendo os Inspetores

Por Jeffrey Sargent

inspector55x55Uma proposta de revisão incluíra a inspecção nas tarefas coberta pela NFPA 70E

Uma proposta de revisão incluíra a inspecção nas tarefas coberta pela NFPA 70E

A secção 90.1 da NFPA 70E®, Segurança Elétrica no Local de Trabalho, diz que o objetivo principal da norma é “proporcionar aos empregados uma área de trabalho prática segura em relação aos riscos derivados do uso da eletricidade”. As tarefas cobertas pela norma incluem a instalação, a operação, a manutenção e a demolição de condutores elétricos, equipamento elétrico, condutores e equipamento de sinalização e comunicações e dutos. Paradoxalmente, a inspecção não se encontra nestas tarefas, significando que o âmbito da norma não cobre os inspetores de eletricidade, cujo trabalho é garantir a segurança pública.

Não é raro que os inspetores elétricos se encontrem perto ou expostos aos condutores ou partes de circuitos elétricos energizados no desempenho de suas tarefas. De fato, os inspetores poderiam se encontrar dentro da zona de acesso limitado e, em alguns casos podem passar na zona de acesso restringido. Dependendo do equipamento inspecionado, é provável que um inspetor também se encontre na zona de risco de arco elétrico sem o nível adequado de equipamento de proteção individual.

A exposição é eliminada sempre que a inspeção seja realizada sobre equipamento que foi colocado em condições de trabalho elétrico seguro. Mas será que isso é sempre viável? A necessidade de realizar algumas inspeções sobre equipamento elétrico energizado deve ser reconciliada com a regra fundamental da NFPA 70E, que requer que as tarefas sejam realizadas sobre equipamento desligado. A norma permite que as tarefas sejam realizadas sobre equipamento energizado apenas quando pode ser demonstrado que o desligamento do equipamento introduz riscos adicionais ou é de alguma forma inviável.

O Comitê Técnico sobre Segurança Elétrica no Local de Trabalho aceitou a Proposta 70E-9 para a edição 2012 da NFPA 70E, que inclui a inspeção nas tarefas cobertas pela norma. Já que o comitê não recebeu comentários públicos sobre esta ação, espera-se que a edição 2012 cobra a inspeção das instalações elétricas.

É muito provável que a assimilação da NFPA 70E na prática de trabalho dos inspetores elétricos não ocorrerá de um dia para outro. Com tudo, o fato que a Norma Nacional Americana sobre práticas de trabalho seguras cobrirá as inspeções elétricas não pode ser ignorado. Os empregadores dos inspetores elétricos deverão aceitar a responsabilidade adicional de garantir que seus empregados sigam práticas de trabalho seguras. O governo, seja federal, estadual, ou municipal, emprega muitos inspetores elétricos, e a questão legal sobre a aplicabilidade das regras sobre segurança e saúde no trabalho administradas a nível federal e estadual, deverá ser resolvida. A NFPA 70E não olha para quem os inspetores trabalham, e com a adoção desta proposta de revisão, a NFPA 70E passará a abranger todos trabalhadores da inspeção expostos aos riscos elétricos.

Poderá haver alguma resistência inicial na implementação de práticas de trabalho seguras no local da inspeção, mas isso seria uma reação natural frente a algo novo e inusual. Antes da proposta dessa mudança pelo comitê técnico da NFPA 70E, algumas agências de inspeção no setor público e privado adotaram ativamente o valor da segurança elétrica para seus empregados implementando programas de formação sobre segurança elétrica. O Estado de Idaho, dirigido pelo Diretor de Programa Al Caine, é líder nessa área, proporcionando formação e equipamento de proteção individual aos inspetores elétricos empregados pelo estado.

Os inspetores elétricos fornecem ao público um serviço valioso, e embora não sejam em geral sujeitos ao mesmo nível de exposição ao risco que os trabalhadores da manutenção e instalação elétrica, eles não são imunes aos riscos elétricos. Os inspetores elétricos precisam ser protegidos como qualquer outro empregado exposto a um risco de choque elétrico, arco elétrico, ou explosão por arco, e a edição 2012 da NFPA 70E ajudará a que isso aconteça.

Jeffrey Sargent é especialista elétrico sênior da NFPA e pessoa de contato para a NFPA 70E.

Share

nós

Quem nós Somos

A National Fire Protection Association (NFPA) é a fonte dos códigos e normas que regem a indústria de proteção contra incêndios e segurança da vida.

Atualizamos nossa política de privacidade, que inclui como são recolhidos, tratados e usados os seus dados pessoais. Ao usar este site, você aceita esta política e o uso de cookies