Bloqueio e etiquetagem

Google Play

Apple Store

 

Artigo selecionado

Bloqueio e etiquetagem

Por Jeffrey Sargent

Tagging 50x61Qual é a melhor forma de criar condições seguras de trabalho com eletricidade?

Qual é a melhor forma de criar condições seguras de trabalho com eletricidade?

70E 220Estabelecer condições de segurança elétrica é o único método de proteção individual que garante a ausência de perigo de choque ou arco elétrico. Sem alimentação elétrica não há risco elétrico, o que significa que os trabalhadores são protegidos da ativação acidental do equipamento e dos ferimentos e mortes resultantes. O Artigo 120 da NFPA 70E cobre o processo de estabelecimento de condições elétricas seguras, do qual um componente chave é o controlo da energia elétrica perigosa – ou, como é mais usualmente chamado na indústria, o bloqueio/etiquetagem.

A edição 2009 da NFPA 70E apresenta três métodos de controlo da energia elétrica perigosa, um dos quais é a aplicação dum procedimento de controlo individual por um empregado qualificado, que garante o desligamento da fonte de energia elétrica e estabelece condições seguras de trabalho elétrico.

O procedimento de controlo individual por um empregado qualificado permite que as pessoas que realizam tarefas secundárias de manutenção, serviço, ajustes, limpeza e inspeção operem um dispositivo local de desligamento antes de colocar o equipamento em condições seguras de trabalho, sem proceder ao bloqueio e etiquetagem dos meios de desligamento do circuito.

Para garantir que outros empregados não operem inadvertidamente o dispositivo de desligamento, o procedimento poderá ser implementado apenas quando o dispositivo de desligamento for adjacente ao condutor, partes de circuito e equipamento sobre o qual se realiza o trabalho, e for claramente visível pela pessoa executando o trabalho. O trabalho realizado nessas circunstâncias não se pode estender dum turno a outro.

Por mais prático que esse procedimento pareça, não garante que o dispositivo de desligamento permaneça aberto utilizando um dispositivo de bloqueio com uma etiqueta proibindo uma operação não autorizada. Além do fato que os termos “adjacente” e “claramente visível” são sujeitos à interpretação, a possibilidade dum erro humano aumenta se existir a possibilidade de operação acidental dos dispositivos de desligamento por outros empregados.

Se compararmos os requisitos de bloqueio e etiquetagem da Seção 120.2 (D) da NFPA 70E com os encontrados na norma 29 CFR Parte 1910 Subparte S da OSHA, notaremos que os regulamentos da OSHA não incluem a opção de utilizar um procedimento de controlo individual por um empregado qualificado. A prática mais próxima do procedimento individual de controlo por um empregado qualificado encontra-se na norma 29 CFR, Parte 1910, Subparte S 1910.147 (a)(2)(iii)(A), que cobre o desligamento do equipamento conectado com fio e plugue, onde o empregado que realiza a manutenção do equipamento tem o controlo exclusivo do plugue. Se for aplicado esse método de interrupção da alimentação do equipamento, não se requer o bloqueio e etiquetagem.

O procedimento de controlo individual por empregado qualificado tem sido reconhecido pela NFPA 70E desde a edição 1995. Contudo, a edição 2012 marcará o fim desse procedimento como meio aceitável de controlar a energia perigosa. Com base no argumento que os regulamentos da OSHA não reconhecem esse método, o Comitê técnico sobre Segurança elétrica no Local de Trabalho aceitou a proposta de cancelar essa provisão. Foram submetidos vários comentários públicos apoiando a conservação do procedimento, mas o comitê manteve sua posição para estar em sincronia com a OSHA. O bloqueio e etiquetagem do meio de desligamento é a melhor forma de assegurar condições seguras de trabalho com eletricidade.

Share

nós

Quem nós Somos

A National Fire Protection Association (NFPA) é a fonte dos códigos e normas que regem a indústria de proteção contra incêndios e segurança da vida.

Atualizamos nossa política de privacidade, que inclui como são recolhidos, tratados e usados os seus dados pessoais. Ao usar este site, você aceita esta política e o uso de cookies