Missão, visão e compromisso
      Perdeu o acesso?  

 

Artigo selecionado

Missão, visão e compromisso

Por Scott Sutherland

SM54x50O Presidente da NFPA James M. Shannon fala sobre as metas da organização e das novas iniciativas para 2011.

SM54x50O novo ano vem acompanhado de novas metas e dum compromisso renovado com as iniciativas de segurança antiincêndio no mundo inteiro. Scott Sutherland, editor do NFPA Journal, falou recentemente com o Presidente da NFPA James M. Shannon acerca das metas da organização e das novas iniciativas para 2011.

Quais são as metas-chave da NFPA para 2011?
Vamos ampliar nossos esforços de promoção, especialmente a campanha para os sprinklers residenciais. Acreditamos que chegou o momento de pressionar bastante os estados para que adotem os requisitos obrigatórios de instalação de sprinklers em residências uni e bifamiliares. Califórnia já deu o primeiro passo, e a Lei entrará em vigor no início de 2001. Os estados estão avançando nessa direção, e com o apoio da NFPA, vamos conseguir que o maior número possível de estados proceda em 2011.

Também vamos aproveitar a tecnologia disponível para o desenvolvimento dos códigos. A internet e a tecnologia eletrônica disponíveis praticamente para todos, tornarão nosso sistema ainda mais transparente e permitirão obter maiores contribuições de mais fontes que nunca, e realizar reuniões de forma mais eficiente.

Nos concentraremos mais nos incêndios florestais, que não são um problema apenas na América do Norte, mas sim um problema internacional. Na Europa, na Austrália, em Canada, nos Estados Unidos, esses incêndios se estão tornando mais freqüentes, maiores e ocupam mais recursos. Necessita-se mais pesquisa para encontrar como lidar melhor com esse problema.

Uma última área importante é o desenvolvimento de novas tecnologias energéticas, especificamente a dos veículos elétricos. Recebemos um subsídio do Departamento de Energia para formar o pessoal de resposta de emergência para enfrentar os incidentes que envolvem esses veículos. O trabalho que estamos realizando será essencial se os veículos elétricos se estabelecem no mercado em grande escala nos Estados Unidos e no resto do mundo.

Qual é a situação da posição dos construtores de casas aos sprinklers residenciais?

Penso que houve uma mudança de atitude por parte de algumas pessoas que estiveram tradicionalmente opostas aos sprinklers residenciais. A Associação Nacional dos Construtores de Casas se opõe a obrigatoriedade dos sprinklers residenciais, contudo vemos mais construtores de casas no país que dizem que os podem aceitar. A lei de Califórnia requerendo sprinklers em todas as casas novas entrou em vigor o dia 1 de janeiro, então essencialmente todos construtores de casas no estado estão agora lidando com a questão dos sprinklers residenciais. Isso terá um efeito muito grande no resto do país.

Nos Estados como o de Maryland, onde a maioria da população já está coberta pelos requisitos dos sprinklers residenciais, os construtores de casas sobrevieram e prosperaram. Os construtores de casas individuais estão falando conosco, fazem perguntas acerca disso. Nós pensamos que é de importância vital trabalhar com os construtores de casas para que isso funcione bem.

A nova campanha Caras do Incêndio (Faces of Fire) foi lançada recentemente em apoio a iniciativa sobre sprinklers residenciais. A que se refere esta campanha?
A NFPA fornece as ferramentas e as conexões necessárias para que as pessoas operem mudanças que aumentem a segurança contra incêndio. Caras do Incêndio diz duma forma convincente, com histórias reais contadas por pessoas cujas vidas foram impactadas pelo fogo, aquilo que se deve fazer na área dos sprinklers residenciais, e ilustra o vasto leque de indivíduos interessados em ajudar-nos a realizar o trabalho. Fornece a guia às pessoas que querem apoiar a introdução dos sprinklers residenciais em suas comunidades.

É aquilo que a NFPA faz melhor que ninguém: juntar as pessoas certas com as mensagens certas e as ferramentas certas para efetuar a mudança em suas comunidades. Isso funcionou para nós no passado, e é aquilo que faremos nos próximos anos com os sprinklers residenciais, incêndios florestais, e fontes de energia alternativas.

Como mudará o desenvolvimento dos códigos?

As mudanças que estamos introduzindo facilitarão a participação das pessoas sem que precisem dedicar tanto tempo como antes. Será mais fácil conseguir contribuições dum leque mais amplo de fontes porque as pessoas, onde seja que se encontrem, poderão seguir os documentos durante sua preparação, com maior transparência em todo o processo. Penso que isso permitirá ampliar a participação internacional. O processo se tornará globalmente muito melhor, mais eficiente e mais econômico.

Como a NFPA prevê aumentar seu envolvimento com os incêndios florestais?
Estamos desenvolvendo uma nova estratégia para os incêndios florestais, e o envolvimento internacional é parte importante dessa iniciativa. Tempos atrás os incêndios florestais eram considerados atos de deus e realmente não havia muito para fazer acerca disso. Mas a medida que esses incêndios se tornam maiores e mais freqüentes, e que mais pessoas vivem em zonas ameaçadas por incêndios florestais, questões como os recursos que você dedica ao problema, o tipo de medidas preventivas que toma, e o tipo de educação que você organiza se tornarão cada vez mais importantes. Assim como o fará a pesquisa da NFPA sobre a natureza do problema dos incêndios florestais, nossos esforços para juntar os bombeiros e falar sobre estratégias de combate ao problema, e nossos esforços para educar as autoridades acerca da magnitude do problema.

Quais são algumas das outras áreas de interesse da NFPA?
Os combustíveis alternativos envolvem a NFPA porque todos colocam questões relacionadas com os incêndios. Uma área na qual estamos muito envolvidos é a da energia fotovoltaica, por exemplo o equipamento para energia solar, e a forma em que o pessoal de resposta de emergência responde aos incêndios que envolvem esse tipo de equipamento.

Enquanto aos veículos elétricos, não se trata apenas da segurança do pessoal de emergência Temos também a questão da armazenagem segura das baterias. Que tipo de proteção se precisa num armazém que contém centenas ou milhares dessas novas baterias EV? Como devem ser transportadas nas auto-estradas e nos caminhos-de-ferro? Essa é outra área onde teremos um envolvimento internacional. China fez um enorme investimento em veículos elétricos, assim como os Estados Unidos. Está muito bem que nossas empresas compitam para sua parte do mercado, mas sobre questões de segurança, deveriam tentar colaborar. Os oficiais dos bombeiros da China estão interessados em trabalhar conosco sobre isso, porque eles enfrentam as mesmas questões de segurança que nós enfrentamos.

Descreva brevemente o novo plano estratégico da NFPA

O plano surgiu porque durante os últimos anos entendemos que a NFPA tinha a possibilidade de desempenhar um papel mais importante no cumprimento de sua missão. No decorrer do tempo, estivemos principalmente envolvidos em códigos e normas, educação pública, e desenvolvimento profissional, mas pensamos que poderíamos ter mais êxito sendo mais agressivos no desenvolvimento de estratégias para lidar com o problema dos incêndios no âmbito regulamentar. O êxito da iniciativa sobre cigarros seguros realmente nos levou a ver as coisas de forma diferente – o fato que a NFPA tenha desempenhado um papel significativo em fazer avançar a iniciativa dos cigarros seguros levou-nos a perguntar-nos como poderíamos utilizar nossos recursos em outras áreas. E isso nos levou a campanha sobra os sprinklers residenciais. Isso também mudou nosso ponto de vista sobre como poderíamos atacar o problema dos incêndios florestais. Identificamos alguns passos pragmáticos que teriam o potencial de reduzir drasticamente as mortes, os ferimentos, e as perdas de bens causados pelos incêndios nos próximos anos. O plano estratégico realmente diz respeito a nossa missão. Não se trata de fazer crescer o negócio, embora precisaremos mais recursos para fazer as coisas que queremos fazer, mas trata-se de sermos mais ambiciosos, e tomarmos riscos que não assumíamos antes. Temos uma grande oportunidade de viver a altura do nosso potencial.

Como os membros da NFPA podem ajudar a cumprir essas metas?
O envolvimento dos membros é crucial para conseguir qualquer dessas coisas. Temos uma grande base de membros que nunca fomos realmente capazes de aproveitar como recursos com a eficiência desejada, mas agora podemos. Podemos comunicar regularmente com os membros, informá-los sobre nossas campanhas, e conseguir suas contribuições. Foi o que fizemos com a campanha sobre cigarros seguros, e estamos fazendo o mesmo agora com a campanha sobre sprinklers residenciais, e estamos começando a fazê-lo com nossas iniciativas sobre incêndios florestais. Os membros hoje interatuam mais que nunca, e é mais fácil estar envolvido ao nível local para apoiar essas iniciativas. Em suma, somos mais agressivos, estamos envolvidos em mais áreas, e mais prospectivos que nunca. É um momento muito estimulante na NFPA.

Share

nós

Quem nós Somos

A National Fire Protection Association (NFPA) é a fonte dos códigos e normas que regem a indústria de proteção contra incêndios e segurança da vida.

Atualizamos nossa política de privacidade, que inclui como são recolhidos, tratados e usados os seus dados pessoais. Ao usar este site, você aceita esta política e o uso de cookies