Big Data, Dados Globais
      Perdeu o acesso?  

 

Artigo selecionado

Big Data, Dados Globais

Por Donald P. Bliss

Big Data Global Data

Porque é essencial coletar e avaliar dados de incêndio de todo o mundo

Este tipo de título vai se tornando mais e mais freqüente em todo o mundo: “Incêndio Massivo no Ano Novo irrompe num hotel de luxo em Dubai”; “Vinte três pessoas morrem no incêndio duma clínica psiquiátrica na Rússia”; “Trabalhadores presos num incêndio numa fábrica de roupa no Bangladesh”.

Essas histórias nos chocam e nos entristecem, então prestamos atenção, ainda que momentaneamente, à problemática da proteção contra incêndio em lugares distantes. Às vezes aprendemos algo novo que pode ser aplicado às práticas de proteção contra incêndio nos Estados Unidos ou que poderiam contribuir a mudar uma norma da NFPA. Contudo, quase sempre, a causa do incêndio, o desempenho do edifício e as perdas humanas acontecem de fatores bem conhecidos e evitáveis.

Infelizmente, esses incidentes chamativos não nos dizem muito sobre o problema global dos incêndios. Poucos países coletam informações detalhadas sobre os incêndios e alguns não revelam os dados que coletam. Os dados de perdas seguradas podem ser úteis, mas mesmo a definição de “morte por incêndio” pode variar dum país a outro. Sem dados exatos sobre os incêndios, os governos e os defensores da segurança não podem justificar a necessidade da prevenção de incêndios, da educação pública e das capacidades de aplicação dos códigos e não podem orçar e mobilizar recursos de combate a incêndio de forma efetiva ou construir a resiliência aos desastres naturais e causados pelo homem.

Os dados globais sobre incêndios, sincronizados com o big data, podem proporcionar uma compreensão mais clara do impacto das tendências demográficas, mudanças econômicas, capacidades operacionais dos serviços de combate a incêndio e do comportamento humano sobre as mortes, os ferimentos, a perda de propriedade nos incêndios e a resiliência das comunidades. Isso é particularmente importante nos países em vias de desenvolvimento, onde uma urbanização rápida pode resultar em densidades populacionais elevadas, habitação precária, construção em altura com pouco cuidado para o cumprimento dos códigos e falta dum abastecimento de água adequado para a proteção contra incêndio. Sem dados sólidos sobre os incêndios, pouco poderá ser feito para reduzir aquilo que o Banco Mundial descreve como “pequenos desastres crônicos”: os incêndios que matam e ferem pessoas, destroem propriedades e constituem obstáculos importantes para a construção de sociedades fortes e saudáveis.

Sabemos muito sobre o problema dos incêndios nos Estados Unidos graças em parte ao National Fire Incident Reporting System (NFIRS) que, junto com outras fontes de dados, permite à NFPA produzir uma série de relatórios e estudos sobre as causas dos incêndios e seus impactos na sociedade. Nossa nova iniciativa estratégica, enfocada na coleta e análise de dados, inclui atividades para aprimorar a qualidade e a utilidade dos dados sobre incêndios nos Estados Unidos e apoiará o desenvolvimento de sistemas de dados sobre incêndios em outros países.

Durante muitos anos, a NFPA foi co-autora do relatório anual “World Fire Statistics”, publicado pela International Association of Fire & Rescue Services, que oferece dados sobre questões relativas aos incêndios em 80 países e 90 cidades capitais. A NFPA está colaborando com a Canadian Association of Fire Chiefs e o Canadian Council of Fire Marshals and Fire Commissioners na construção duma base de dados nacional piloto para registrar sistematicamente os incêndios. A NFPA forneceu assessoria técnica e apoio financeiro para o desenvolvimento do Registro Nacional de Dados Estatísticos sobre Incêndios da Argentina e espera-se que esse sistema sirva de modelo à implementação de sistemas similares em toda a América Latina.

Nossa análise do problema global dos incêndios está apenas começando. Hoje as capacidades do big data podem produzir orientações úteis e concretas para elaborar estratégias que salvam vidas.

Donald P. Bliss é vice-presidente de operações da NFPA

Share

nós

Quem nós Somos

A National Fire Protection Association (NFPA) é a fonte dos códigos e normas que regem a indústria de proteção contra incêndios e segurança da vida.

Atualizamos nossa política de privacidade, que inclui como são recolhidos, tratados e usados os seus dados pessoais. Ao usar este site, você aceita esta política e o uso de cookies