A Sabedoria das Multidões
      Perdeu o acesso?  

 

Artigo selecionado

A Sabedoria das Multidões

Por Kathleen H. Almand, P.E., FSFPE

As mídias sociais podem servir o esforço de pesquisa que apóia o desenvolvimento dos códigos. A Fundação dirige um projeto para sete das maiores organizações de desenvolvimento de normas nos Estados Unidos para ajudá-las a entender as necessidades dos futuros voluntários que trabalham com códigos e normas. Como parte do projeto, solicitou-se aos membros da NFPA o preenchimento dum formulário de



research 200 pesquisa desenhado para determinar aquilo que os motivará e lhes dará a possibilidade de continuar a participar no nosso processo de desenvolvimento das normas. Fica claro que as ferramentas eletrônicas, em particular as que permitem a participação coletiva no desenvolvimento de documentos, são fatores chave de facilitação.

Como a Fundação pode aplicar esses conceitos a nossa missão, que é de aprimorar a base técnica dos códigos e normas da NFPA? Devo admitir que ao princípio eu olhava com desconfiança a aplicação dessas ferramentas coletivas de pesquisa e síntese dos dados. Quando as referências a Wikipédia começaram a aparecer perto do topo de minhas pesquisas de Google, eu as rejeitei como pouco confiáveis; a crença numa estrutura hierárquica de informação precisa foi a base de minha formação como engenheiro. Contudo, como começo a ver seu poder – em particular seu acesso global às fontes de informação que poderiam não estar disponíveis na literatura tradicional de proteção contra incêndio - estou modificando a minha posição.

Iniciamos algumas experiências para ensaiar a aplicabilidade dessas ferramentas coletivas ao nosso trabalho de apoio às normas da NFPA. Um exemplo é uma iniciativa que lançamos este ano para explorar um novo desafio importante para a proteção contra incêndio e as normas da NFPA: os armazéns de grandes dimensões que têm uma área ocupada e uma altura superiores ao que qualquer ensaio contra incêndio pode simular. Convidamos sete empresas líder de engenharia de proteção contra incêndio para desenvolver conceitos de projetos de segurança contra incêndio para um protótipo de instalações, incorporando sistemas inovadores de supressão, detecção, resposta de emergência, e manuseio de produtos. Os resultados foram apresentados a conferência SUpDet da Fundação em Março. Um blog de acompanhamento gerou contribuições adicionais e aumentou os sistemas verdadeiramente inovadores que foram apresentados. Toda essa informação está guardada no sítio web da fundação, www.nfpa.org/foundation, como recurso para futuros projetistas.

Uma aplicação mais ampla da inteligência coletiva ao nosso trabalho envolve uma nova abordagem dum problema típico, onde um comitê técnico está considerando propostas de normas em volta duma questão mas dispõe de pouca informação independente sobra a qual fundar sua decisão. (Isto soa familiar?). A fundação empreendeu muitos projetos desenhados para coletar informação disponível mas de difícil acesso, sintetizá-la, e determinar as lacunas. A seção do relatório de nosso sítio web contém dois exemplos recentes: uma avaliação dos riscos e perigos potenciais apresentados pelos produtos anti congelantes nos sistemas residenciais de sprinklers antiincêndio e as melhores práticas para resposta de emergência aos incêndios de painéis solares.

Este verão, com a ajuda de Jonathan Hart, nosso estagiário em engenharia no Worcester Polytechnical Institute, estamos experimentando uma abordagem das mídias sociais em relação a um par de problemas apresentados pelos comitês técnicos: um relacionado com a proteção dos guarda luvas e outra das melhores práticas dos bombeiros em armazéns equipados de sprinklers. Utilizando a inteligência coletiva da comunidade da NFPA, incluindo a biblioteca da NFPA e sua busca eletrônica, ferramentas de pesquisa baseadas na web, nosso blog, e a experiência dos voluntários chave, buscamos responder a uma pergunta básica: que informação existe? Já encontramos informação em lugares pouco convencionais que nunca teríamos descoberto limitando-nos a nossas fontes tradicionais.

Finalmente, nosso objetivo é apoiar os comitês da NFPA com informação confiável. Enquanto organizações que desenvolvem códigos como a NFPA adotam as mídias sociais e outras ferramentas para permitir a participação duma nova geração de voluntários, é importante desenvolver um processo que verifique essa informação para sua utilização na pesquisa e criação de conhecimento. A que se parecerá esse processo é o tema duma discussão em curso na Fundação, mas uma vez que sejamos capazes de fazê-lo de forma confiável e eficiente, estou convencido que essas novas ferramentas serão parte permanente do nosso kit de coleta de informação.

Kathleen H. Almand, P.E., FSFPE, é diretor executivo da Fundação de Pesquisa para Proteção contra Incêndios.

Share

nós

Quem nós Somos

A National Fire Protection Association (NFPA) é a fonte dos códigos e normas que regem a indústria de proteção contra incêndios e segurança da vida.

Atualizamos nossa política de privacidade, que inclui como são recolhidos, tratados e usados os seus dados pessoais. Ao usar este site, você aceita esta política e o uso de cookies