A NFPA reforça suas parcerias na área naval
      Perdeu o acesso?  

 

Materiais Inflamáveis & Combustíveis

A NFPA reforça suas parcerias na área naval

Por Jenna Padula

Aproveitando relacionamentos existentes, a NFPA criou parcerias para promover práticas seguras nos setores de petróleo e petroquímica.

Ao passar a fazer parte de uma aliança com o American Petroleum Institute (API) e a Occupational Safety and Health Administration (OSHA), a NFPA reforçou seu compromisso de promover práticas seguras de trabalho nessas indústrias. O API iniciou a aliança, à qual a NFPA se associou devido a sua experiência nesse campo e seu antigo relacionamento o API. A OSHA participou como parte de seu Programa de Alianças, que permite que organizações trabalhem com a OSHA para melhorar e aprimorar a segurança e saúde no ambiente de trabalho. Apesar de haver algumas formalidades, a OSHA e as organizações participantes devem “definir, implantar e atender um conjunto de metas de curto e longo prazo em três categorias: treinamento e educação; informação do público e comunicação; e promoção de diálogo nacional sobre saúde e segurança ocupacional".

A caminho da aliança
De acordo com Guy Colonna, Vice-Presidente Assistente de Substâncias Químicas Perigosas da NFPA, o API e a NFPA trabalham muito unidos nos projetos de Líquidos Inflamáveis e Serviços Navais da NFPA, devido às normas da Associação nesta área. A norma mais importante relativa a esses projetos é a NFPA 30, Flammable and Combustible Liquids Code. O relacionamento entre a NFPA e o API inclui também o lado naval das atividades da NFPA, pois as embarcações transportam produtos cobertos pelo API. Essa recente aliança é um resultado lógico, pois as duas organizações têm documentos e programas complementares. Há anos, o API tem normas e práticas recomendadas para o setor naval, sendo as mais importantes os relativos à limpeza e trabalhos internos em tanques de óleo cru ou de produtos petroquímicos.

Além dessas normas, o grupo recentemente estabeleceu um Programa Individual de Certificação (PIC) para Supervisores de Entradas em Tanques. Apesar de ser uma nova iniciativa, o API tem outros programas de certificação estabelecidos. As normas da NFPA nessa área complementam as da API e a NFPA tem experiência comprovada em treinamento, o que poderia aprimorar os programas de certificação do API.

Tendo por base essa experiência, o API e a NFPA começaram a trabalhar na parceria no final de 2002. Os dois grupos então se reuniram com a OSHA em 2003 para começar a trabalhar no acordo. Finalmente, em 29 de março deste ano, as três organizações anunciaram a aliança ao Departamento do Trabalho dos Estados Unidos. A aliança tem prazo de dois anos, podendo ser prorrogada.

Especificamente, o acordo será direcionado ao treinamento de trabalhadores do setor, incluindo proprietários de tanques e supervisores de operação, supervisores de manutenção e líderes de resgate em espaços confinados, para garantir a saúde e segurança dessas pessoas. As áreas a serem cobertas incluem entrada segura em tanques, limpeza ,manutenção e operações de resgate em tanques de petróleo e seus derivados líquidos. O objetivo é que os supervisores levem o que aprenderam de volta a suas unidades e ensinem operadores, trabalhadores e pessoal de segurança. Representantes das três organizações que formam a aliança se reunirão no mínimo a cada três meses para avaliar o progresso do grupo.

Compromisso da NFPA
Além desses esforços, a NFPA incentivará os trabalhadores do setor a assistir cursos de segurança e saúde ocupacional da NFPA, que serão oferecidos juntamente com o API. Em junho, por exemplo, a NFPA e o API ofereceram um programa de treinamento durante a reunião anual da ILTA, a Associação Independente de Terminais para Líquidos. Os membros da ILTA operam parques de tanques e a NFPA tem feito apresentações para esse grupo há vários anos. Além disso, a NFPA oferecerá o mesmo programa na Conferência de Armazenagem em Tanques do API, em Nashville, nos Estados Unidos. Em 2005, de acordo com Colonna, a NFPA realizará mais dois ou três programas. A aliança também prevê o desenvolvimento de ferramentas para a indústria. A NFPA e seus dois parceiros também planejam usar os recursos existentes para promover a aliança e os programas. Para obter mais informações sobre esta ou outras alianças da OSHA, visite www.OSHA.gov.

Jenna Padula é uma freqüente colaboradora do NFPA Journal.

 

Share

nós

Quem nós Somos

A National Fire Protection Association (NFPA) é a fonte dos códigos e normas que regem a indústria de proteção contra incêndios e segurança da vida.